Diagnóstico

DIAGNÓSTICO

O diagnóstico da hemofilia e de outras coagulopatias deve ser considerado sempre que houver episódios de sangramentos fáceis, após pequenos traumas ou espontâneos, podendo ser hematomas, nos primeiros anos de vida, ou sangramento muscular ou articular, acima dos dois anos de vida.

DIAGNÓSTICO

O diagnóstico da hemofilia e de outras coagulopatias deve ser considerado sempre que houver episódios de sangramentos fáceis, após pequenos traumas ou espontâneos, podendo ser hematomas, nos primeiros anos de vida, ou sangramento muscular ou articular, acima dos dois anos de vida.

Lembre-se!

Embora o histórico familiar seja o principal ponto a ser levado em conta, 30% dos casos de hemofilia não estão relacionados à herança genética.

Quando há a suspeita de hemofilia, o paciente passa por uma série de exames. São realizadas as provas para verificar a coagulação, em um laboratório especializado em hemostasia. O diagnóstico é confirmado por meio da dosagem da atividade coagulante do fator VIII (hemofilia A) ou fator IX (hemofilia B). Os resultados obtidos indicarão o caminho investigativo a ser seguido para o tratamento.

É importante enfatizar que existem casos em que há deficiências combinadas de fatores, como a deficiência combinada de fator VIII e fator V e a combinada dos fatores dependentes da vitamina K.

Ao identificar os sintomas, procure o hemocentro mais próximo.

Lembre-se!

Embora o histórico familiar seja o principal ponto a ser levado em conta, 30% dos casos de hemofilia não estão relacionados à herança genética.

Quando há a suspeita de hemofilia, o paciente passa por uma série de exames. São realizadas as provas para verificar a coagulação, em um laboratório especializado em hemostasia. O diagnóstico é confirmado por meio da dosagem da atividade coagulante do fator VIII (hemofilia A) ou fator IX (hemofilia B). Os resultados obtidos indicarão o caminho investigativo a ser seguido para o tratamento.

É importante enfatizar que existem casos em que há deficiências combinadas de fatores, como a deficiência combinada de fator VIII e fator V e a combinada dos fatores dependentes da vitamina K.

Ao identificar os sintomas, procure o hemocentro mais próximo.

Suspeita confirmada, vamos ao tratamento.

Suspeita confirmada, vamos ao tratamento.

informe-se sobre o tratamento

Comments are closed.